Redes Sociais



21/01/2018

O dia que me aceitei: cirurgia de escoliose


Hoje vim falar um pouco sobre minha história de superação e aceitação. Tem um vídeo que falo sobre isso no meu canal e vai estar disponível para quem quiser assistir. 

Desde muito nova, sempre fui muito vaidosa e preocupada com minha aparência. Queria ser modelo. Coisas de criança, acho que a maioria tem esses sonhos, mas depois que a gente cresce sabe o quanto é difícil entrar nesse mundo. Enfim, eu tinha mais ou menos 12/13 anos quando uma médica descobriu meu problema na coluna. Eu tinha escoliose. Naquela época talvez eu não dava tanta importância, mas meus pais fizeram o possível para melhorar minha situação pois o grau já era bem avançado. Conforme fui crescendo, eu tinha vergonha de usar blusas justas por causa da curvatura, que era bem evidente. Eu era torta. Vou dizer para vocês que estar na adolescência com escoliose, não foi nada fácil. Nessa idade a gente sofre para se aceitar e se amar e eu me sentia péssima de não poder usar blusas muitos justas. Ir para a praia sem morrer da vergonha era a pior parte. 

Com o tempo o grau só foi avançando, mesmo depois de todos os esforços. Então, com 22 anos fiz minha cirurgia de escoliose. 10 horas em uma sala. 27 parafusos e duas hastes e uma vida diferente. No começo pensei que eu jamais teria uma vida normal. Daí eu pensava: porque comigo Senhor?? Quando comecei a andar depois da cirurgia eu sentia uma perna mais curta e isso me abalou também. Tudo era motivo para pensar que eu não era bonita e que as pessoas iriam me achar feia. 


Depois, aos poucos eu fui me motivando e aprendendo a me amar. Descobri que ser única e diferente não te torna feia, mas te torna exclusiva. Sei tudo que passei para chegar até aqui e não foi fácil. Hoje em dia eu me amo. E amo inclusive Deus ter me escolhido para passar por isso, pois sempre que você estiver passando por uma situação difícil lembre-se, Deus não te dará uma cruz que você não consegue carregar. Então, ele escolhe seus melhores guerreiros para esses momentos. Gosto tanto de ser diferente que hoje, não me preocupo de ir a praia ou de mostrar minha cicatriz. Ela é a prova de que passei por um momento de muita superação em minha vida. Momento esse que deu tudo certo e estou vivinha da silva e no fim isso é o que importa. Deus não me abandonou e sou muito grata e feliz por TUDO. Ah!! Como eu gosto de ser uma menina de Titânio.. Sou a Blogueira Biônica..

Assistam ao vídeo onde conto um pouco da minha história:



Beijos.. Espero que tenham gostado de me conhecer um pouco melhor..

Um super Beijo no coração.. 

Não esqueçam de passar no meu canal do youtube para me conhecer melhor: Entra aqui vai!!!!!


Ah! E caso queiram me seguir no instagram: @jessicafernanda.krueger

Twitter: @Jssica88

E-mail para contatos profissionais:  blogueirabionica@hotmail.com

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Nossa que coragem e força que você teve. Minha escoliose é bem leve, sou tortinha, mas bem pouco. Tirando as dores que as vezes sinto, não é nada que me deixe mal.
    Eu já vi sobre essa cirurgia e sei como é delicada.
    Parabéns por essa superação.

    Beijoks
    www.atesemsalto.com

    ResponderExcluir